10º Contingente - Crônica dos 43 anos


   

ATENÇÃO SAUDOSISTAS

   

 

        Aos saudosistas de plantão, informo que foi exatamente no dia 27 de novembro de 1961 - data das nossas despedidas, cada um em sua casa, com as suas famílias e namoradas, último dia antes do embarque para Suez.

        Nesse nosso último dia com nossas famílias, ANTES DO EMBARQUE PARA SUEZ, era uma segunda feira, fazia um calor com muito sol.  E eu lembro muito bem que, logo depois do Almoço, nas despedidas na Rodoviária em Ponta Grossa, eu e outros 10 companheiros estávamos envoltos nas maiores emoções, muitas lágrimas principalmente do lado dos nossos familiares, pela despedida. Agora somente iríamos voltar para Casa em 1963. Essas despedidas ninguém esquece, 

        Nossa preparação foi no Rio de Janeiro – no glorioso 2 DE OURO, onde estávamos arranchados desde final de setembro 1961. Havíamos recebido alguns poucos dias de folga, e ganhamos permissão para visitar a família. E para os que tinham namoradas também lembro que dar aquele último abraço e subir para o ônibus foram até comovente. Foi emocionante observar, de dentro do ônibus, aqueles acenos tristes. 

        Em Curitiba um ônibus Especial nos aguardava e embarcamos, por volta das 17 Horas – rumo Rio de Janeiro e, às 7: 00 horas da manhã, dia seguinte, lá estávamos impecavelmente em forma, naquelas alturas do campeonato, ninguém ia querer dar mancada e perder o direito de embarcar com o BTL.SUEZ para o Oriente Médio.

        ANTES DE IR PARA SUEZ. No dia seguinte, 28 de novembro de 1961, às 7 00 da manhã, dava o inicio a contagem regressiva para a o embarque da grande viagem de nossas vidas eram os últimos preparativos para embarcarmos no Navio Tr.T ARY PARREIRAS que zarpou do Píer da Praça Mauá, para o Egito, na manhã do dia 06 de dezembro 1961 – Chovia uma garoa fina no momento do embarque, mesmo assim Desfilamos pela Av. Getúlio Vargas, até o então Palácio da Guerra, e retornamos ao Cais, para o embarque, na hora do Almoço.

        O Almoço do dia 06/12/61 foi nossa primeira refeição no Ary Parreiras, eu ainda lembro daquele Bife à Milanesa, gostoso, que logo depois, lá pelas 14 horas, navio já em viagem, muitos companheiros vomitaram no mar, talvez com a nítida intenção de alimentar nossos peixinhos, como uma forma de despedida. Poucos conheciam os balanços dos navios na altura do Cabo Frio. Confesso, eu fui um dos muitos que não resistiram, ainda bem que não estava só, pois assim um incentivava o outro: e foi aquela meleca.

        Portanto amigos:  O dia 27 de novembro é merecedor de uma reflexão saudosista para o pessoal do 10º CONTINGENTE- BTL. SUEZ. 

        São decorridos 43 anos dessa história de embarque para Suez.

        Alguém ainda lembra desses episódios todos???

        Um abraço especial aos componentes do 10º Contingente.

        Theodoro

De: Theodoro da Silva Junior <theojunior@uol.com.br> 
Data: Thu, 28 Oct 2004 19:05:26 -0200


VOLTAR