1º CONTINGENTE - PARTIDA E RETORNO


PARTIDA

Pelotão Sapador - Anti-Minas - Comandante da Operação com 15 companheiros embarcaram a bordo do avião Douglas, da Força Aérea dos EUA, que prestou essa colaboração. O embarque deste Escalão Precursor se deu cerca de 8 dias após a partida do Navio Custódio de Melo do Rio de Janeiro, transportando os demais componentes do 1º Contingente, e obviamente  o Escalão Precursor chegou com a devida antecedência em terras do Oriente Médio.

O Navio Custódio de Melo levantou âncora às 23:50 horas do dia 11 de janeiro de 1957, primeiramente com destino a Las Palmas, no arquipélago das Canárias, onde chegou dia 23, com 11,5 dias de viagem em mar. Partiu de Las Palmas dia 25 de janeiro, às 06:38 horas, com destino a Port Saíd, no Egito. 

No dia 04 de fevereiro de 1957, depois de 21 dias de mar e 6.136 milhas navegadas, o navio recebeu a visita, a bordo do Tem.Gen. Edson Louis Burns, Comandante da UNEF (Força de Emergência das Nações Unidas), a qual o 1º Contingente ía se integrar. 

 

RETORNO

A 14 de setembro de 1958 por via férrea, bem próximo aos fundos do QG, em Rafah Camp, chegou o 3º Contingente, e nesse mesmo dia realizou-se a troca de comando, e o inicio do retorno do 1º contingente ao Brasil. 

No trem e por essa via férrea, o 1º Contingente chagou em Port Said por volta das 04.30 horas do dia 15, e por volta das 05.30 horas, embarcou no Navio-Transporte de Tropas – Barroso Pereira, da Marinha de Guerra do Brasil, comandado pelo CMG Ângelo Nolasco de Almeida. 

A viagem marítima iniciou às 17:45 horas do dia 16 de setembro de 1958, com escalas em Marselha – França de 22 a 24 de setembro, dali para Las Palmas, de 29 setembro a 02 de outubro, em seguida em Dacar onde a tropa já tinha passado anteriormente, dali rumo a Recife, onde chegou a 13 de outubro.  No dia 16 de outubro, todos a bordo,  com destino ao Rio de Janeiro, onde finalmente aportou no Píer da Praça Mauá às 10:00 horas do dia 20 de outubro de 1958.

 


VOLTAR