Oração Do Guerreiro De Suez

Enviado por Wilton Melo Garcia     

31-03-2017

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ORAÇÃO DO GUERREIRO DE SUEZ

(Autoria de Wilton Melo Garcia – 20º Contingente)

 

 

SENHOR:

TU ME ORDENASTE:

Que cuidasse das areias por onde pisei

e dos povos sofridos que lá deixei;

Que sobrepujasse seus agressores

sem permitir que estes os maltratassem.

 

ME DISSESTES:

Ensina-lhes a viver em Paz

e sob o teu sagrado Manto Azul,

mostra-lhes como dar ao próximo

entendimento e compreensão.

 

RESPEITA:

seus costumes,

suas crenças

e suas mulheres.

 

MEU SENHOR, PERDOA-ME:

Porque sem forças,

Ensinei a Paz, mas não impedi a guerra.

 

E MESMO ASSIM Ó DEUS:

Tu me preservaste, me trazendo de volta a minha terra.

E os companheiros que lá tombaram, resignado entendi;

É porque TU SENHOR, os queria Contigo.

 

Obrigado Senhor por teres me eternizado: “Um soldado de Suez”.

A-REI-Á !

 

 

 

 

Voltar ao início