25 de agosto - "DIA DO SOLDADO"



Meus comandados!

Quando perguntarem quem sois, respondei com firmeza, orgulho e vibração: "Sou soldado do Exército Brasileiro."

Nosso coração pulsa em sintonia com a alma brasileira. Servimos à Pátria, incondicionalmente, com entusiasmo, inteligência e abnegação. Mantemo-nos ao largo de paixões políticas, da sede de poder e das cobiças vãs. Por livre escolha, submetemo-nos às leis e regulamentos, na prática saudável da hierarquia e indispensável da disciplina. Valorizamos a autoridade legítima, sem subserviência, e sublimamos os interesses pessoais, colocando o Brasil acima de tudo.

Na Segunda Guerra Mundial, lutamos contra as tiranias, na vitoriosa Força Expedicionária Brasileira.

Seguimos as pegadas de marcantes exemplos e de gloriosas tradições. Não transigimos jamais quando se trata de honradez, lealdade e dignidade.

Somos discípulos de Caxias, o Marechal Luiz Alves de Lima e Silva, nosso patrono, herói maior da Pátria, pacificador e artífice da união nacional.

Somos Instituição nacional, permanente e invicta, que a sociedade brasileira admira e em quem confia nos momentos difíceis.¨


(Extrato da Ordem do Dia do Gen Ex Enzo Martins Peri, Comandante do Exército)



de Theodoro da Silva Junior <theojr@terra.com.br>
data 28/08/2008 11:36
assunto BRASILEIROS COMEMORAM O DIA DO SOLDADO NO HAITI


01/09/2006 - Brasileiros comemoram Dia do Soldado no Haiti


. Os brasileiros que integram a MINUSTAH ( Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti) comemoraram no último sábado ,26, o Dia do Soldado. A data é uma homenagem ao Patrono do Exército, Luiz Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias. Nascido em 25 de agosto de 1803 e herói nacional, ele participou dos principais conflitos do país na metade do século XIX, ora pacificando, ora lutando pela unidade do Brasil, como a Guerra do Paraguai (1825), o movimento da Balaiada (Maranhão/1837) e a Guerra dos Farrapos (Rio Grande do Sul/1842).
.....A cerimônia militar foi realizada no Batalhão Brasileiro (BRABATT) e contou com a presença do Embaixador do Brasil no país, o diplomata Paulo Cordeiro de Andrade Pinto, e do Force Commander ( Comandante da Força militar da MINUSTAH), o General brasileiro José Elito Carvalho Siqueira.
.....A tropa foi formada por militares do Batalhão Brasileiro, do Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais e da Companhia de Engenharia de Força de Paz.
.....A Ordem do Dia, assinada pelo Comandante do Exército, General Francisco Roberto Albuquerque, foi lida. Na cerimônia, o Comandante do BRABATT, Coronel Paulo Humberto, usou a palavra “privilégio” para resumir o que sentem os militares brasileiros no Haiti. “ Somos privilegiados por sermos soldados cumprindo missão de soldado; somos privilegiados por ter nossa missão o mais nobre dos propósitos: a paz; somos privilegiados por termos a oportunidade de ajudar um povo irmão a colocar o seu país de volta ao caminho da segurança e da felicidade”.
.....Na solenidade, foi concedida, ao Embaixador Brasileiro, a medalha do Pacificador, honraria conferida a militares e civis, brasileiros ou estrangeiros, que têm prestado relevantes serviços ao Exército, elevando o prestígio da Instituição e desenvolvendo as relações de amizade entre os exércitos brasileiro e de outras nações.
.....As festividades do Dia do Soldado foi encerrada com um almoço oferecido à tropa e convidados, com um prato tipicamente brasileiro: feijoada.

PROD-DIV Produção e Divulgação CMNE
Chefia:Maj Eduardo; Redação: Sgt Dinomar; Revisão:Ten Samantha;
Fotografia: Sgt Dinomar; Webdesigner: Cb J.Erick e Cb Ângelo; Atualização:Cb Ângelo


 

VOLTAR