HOMENAGEM PÓSTUMA

Enviado por Wilton Melo Garcia

11-11-2016

 

" IN MEMORIAM"

       escrita por Wilton Melo Garcia


NÃO... NÃO É POSSÍVEL, NÃO ACREDITO !
Essa foi a reação que tive antes de chegar às lágrimas, logo após a Neusa (minha mulher) me despertar de uma sesta e me dar a triste notícia:
- O Cláudio faleceu !
O Cláudio Garcia Teixeira, meu amigo, meu irmão.
Eu havia me preparado para ir mais tarde no Hospital da Clínicas, onde ele havia sido internado, depois de sofrer um enfarto.
Nos conhecemos no Exército, onde ficamos amigos de verdade, vez em quando ele almoçava na minha casa, no bairro da Glória.
Meu pai, minha mãe, toda minha família o adorava, era realmente um sujeito que qualquer um gostava dele.
Havia entre nós certas coincidências que chegavam a ser engraçadas e que eram sempre lembradas toda vez que nos encontrávamos:
Fomos designados para servir no 18º RI, servimos na mesma 1ª Companhia de Fuzileiros, no mesmo Pelotão; ele não havia sido criado pelo pai biológico, eu também não; ele tinha uma irmã chamada Vilma, eu também; ele tinha o sobrenome Garcia, eu também; se inscreveu para ir a Suez, eu também; ele casou três vezes, eu também; o nome da sua terceira esposa é Neusa, a minha também; nós dois estávamos sempre juntos nas festas do Batalhão Suez, nas Excursões a São Paulo, nas férias ficávamos na mesma praia, por sinal eu ia sempre pra pousada que ele era proprietário; e por fim a última grande coincidência que desta vez foi próxima mas infelizmente não foi igual, tive dois enfartes e ele teve um só e este o levou !
Meu Deus, ainda estou procurando ao meu redor para ver se o Garcia não está por perto.
Não sei como lidar com isso, meu amigo, onde estás ?
Se por acaso também estiveres me procurando, não precisa entender, apenas espera aí ao lado de Deus que logo estaremos juntos com a alegria de sempre.


Um beijo a você meu amigo, meu irmão e até breve.
Teu amigo Wilton Melo Garcia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Voltar ao início