PORT SAID / CANAL SUEZ / ISMAELIA / CIDADE DE SUEZ / CAIRO


 

1.) - PORT SAID

     

        Cidade e o segundo maior porto egípcio na extremidade setentrional do canal de Suez. Fundada em 1859, no início da construção do canal, constituiu-se em centro de serviços e de abastecimentos dos navios que faziam a rota do canal. Seu movimento portuário sofreu sério abalo com o fechamento do canal ao trafego internacional durante o período de 1967 a 1975.Sua população em 1971 era de 313.000 habitantes.

 


 
2.) - CANAL DE SUEZ

   

Coube ao francês Ferdinand Lesseps a realização do projeto desse importante canal lnteroceânico que liga o Mar Vermelho ao Mar Mediterrâneo. Situado em terras do Egito, no istmo que une a África à Ásia. A região faz parte da fossa africana em que se incluem as penínsulas do Sinai, circundadas pelos golfos de Suez e de Akaba, no Mar Vermelho.

A construção do Canal de Suez encurtou distâncias, sobretudo no sentido Europa - Extremo Oriente - Índia e vice-versa. Favoreceu o povoamento nas margens do Mar Vermelho e uniu a Europa agro-industrial aos grandes mercados de matérias-primas da Ásia, sobretudo o Petróleo, dando vivacidade aos portos da Europa, Ásia e África, principalmente.  

Desde a sua inauguração, a 17 de novembro de 1.869, até o ano de 1.956, o Canal de Suez era administrado por franceses e ingleses que obtiveram a concessão do governo egípcio para construí-lo e explorá-lo por 99 anos. 

O governo egípcio receberia 15% dos lucros do “pedágio” e ficava assegurada a passagem de navios de qualquer nacionalidade.  

 
   

Em 29 de outubro de 1956, o então presidente do Egito, Gamal Abdel Nasser, determinou o fim do acordo, que teria duração até 1968, e nacionalizou o Canal de Suez, proibindo a passagem de navios israelenses pelo canal. A atitude de Nasser desagradou ingleses e franceses, e, em poucas horas, teve início a intervenção militar dos europeus e de judeus, invadindo terras do Egito.  

Artilharia no Deserto

 

Os EUA e a ex-U.R.S.S., que tinham interesses antagônicos na região, não obstante, tentaram intervir, opondo-se aos atos de Guerra. O clima político tornou-se tenso com possibilidades, até, de eclodir a 3º Guerra Mundial e, a ONU interveio com fortes pressões diplomáticas, obrigando as forças invasoras a abandonarem as posições.  

 

 



 
 
Canal de Suez

    
    Mais de 1,5 milhão de trabalhadores participaram das obras.Elas iniciaram em 1859 e terminaram dez anos mais tarde com um custo de 17 milhões de libras esterlinas.
A construção de um canal que ligasse os mares Mediterrâneo e Vermelho através do istmo de Suez, no Egito, era um plano muito antigo. Os romanos já usavam a região para a passagem de pequenas embarcações e a chamavam de "Canal dos Faraós". Os defensores do projeto argumentavam que o canal diminuiria a distância entre a Europa e o sul da Ásia. Os navios que partiam do Mar Mediterrâneo não precisariam mais circundar a África e contornar o cabo da Boa Esperança para atingir os Oceanos Índico e Pacífico.

        O projeto de construção do canal foi coordenado pelo engenheiro e diplomata francês Ferdinand de Lesseps, que adquiriu do paxá Said os direitos de abertura e exploração pelo período de 99 anos. Para isso ele montou uma empresa, a Companhia Universal do Canal Marítimo de Suez, que teve como principais acionistas França e Reino Unido.


       
Mais de 1,5 milhão de trabalhadores participaram das obras. Elas iniciaram em 1859 e terminaram dez anos mais tarde com um custo de 17 milhões de libras esterlinas. A construção do Canal de Suez foi favorecida pelas condições naturais da região: a pequena distância entre o Mediterrâneo e o mar Vermelho, a ocorrência de uma linha de lagos de Norte a sul (Manzala, Timsah e Amargos), o nível baixo e a natureza arenosa dos terrenos. Para a inauguração, no dia 17 de novembro de 1869, o italiano Giuseppe Verdi (1813-1901) compõe a ópera Aída. 


                                               

A disputa pelo canal

        Em 1888, a Convenção de Constantinopla definiu que o Canal de Suez deveria servir a embarcações de todos os países mesmo em tempos de guerra. Inglaterra e Egito assinaram, em 1936, um acordo que assegurava a presença militar do Reino Unido na região do canal por um período de 20 anos.

        Com a retirada das tropas inglesas, em 1956, o presidente egípcio Gamal Nasser iniciou um conflito ao nacionalizar o canal e impedir a passagem de navios com a bandeira de Israel. Neste mesmo ano, com o auxílio do Reino Unido e da França, o exército israelense invadiu o Egito. Derrotado, mas contando com o apoio da ONU, dos EUA e da União Soviética, o Egito garantiu o controle sobre o canal. O preço do apoio foi a abertura do canal para a navegação internacional.

        Em 1967, com a Guerra dos Seis Dias (conflito entre Israel e a frente árabe, formada por Egito, Jordânia e Síria), a passagem é novamente fechada. A partir de 1975 o Canal de Suez é reaberto para todas as nações do mundo. 
 
 
                                                                       


Você sabia que o Canal de Suez ...

...é o mais longo canal do mundo, com 163 quilômetros de extensão, e sua
   travessia dura cerca de 15 horas a uma velocidade de 14 km/h,        
...tem três lagos em seu percurso e não possui eclusas,
...a sua largura mínima é de 55 metros,
...comporta navios de até 500 metros de comprimento por 70 metros de largura,
...permite a passagem de 60 navios por dia, com calado máximo de 15 metros,
...o valor médio das taxas pagas por petroleiros é de US$ 70 mil,
...entre 1996 e 1997, o Egito arrecadou, apenas com o pedágio, US$ 1,8 bilhão.

 

 
                                            


Alguns links: 
http://www.rafimar.com/suez_canal.html
http://www.suez-canal.com/
(Colaboração Theodoro


3º) - CIDADE DE SUEZ

           É uma cidade portuária do Egito no extremo sul do Canal de Suez, pertencente a  província de Suez. Sempre foi um  importante entreposto comercial desde a época do Faros.  Possui refinarias de petróleo e manufatura diversificada. Está ligada ao Cairo a 130 km a oeste, por estradas rodoviárias, ferroviarias e oleoduto.Tem uma população de aproximadamente 315.000  habitantes (1970). Através desta cidade, os peregrinos muçulmanos costumam iniciar as suas peregrinações a Meca na Arábia Saudita. 
            Ali foi construído e aberto em 1869, o Canal de Suez. Atualmente operado  e administrado pelo Egito, localizado no cruzamento da Europa, Ásia e África, ligando o mar Mediterrâneo, via Golfo de Suez, com o mar Vermelho, destacando-se como a mais importante ligação marítima do mundo porque diminuí enormemente a distância entre a Europa e Extremo Oriente, baixando os custos de fretes nos transportes de mercadorias que circulam pelo mundo.

4º) - CIDADE DE SUEZ - ISMAELIA

 

 A fotografia foi tirada em um parque recreativo em Ismaelia. A mureta é utilizada por turistas, em especial casais em Lua de Mel, porque pode-se sentar na mureta e observar ao redor e apreciar os enormes navios cargueiros.

 

Esta foto foi tirada na Localidade de Ismaelia, a água é o Canal de Suez, que liga o Mar Vermelho com o Mediterrâneo.

The Suez Canal is a large artificial canal in Egypt, west of the Sinai Peninsula. 

Canal do Suez é um grande canal artificial no Egito, a oeste da Península do Sinai. 

It is 163 km (101 miles) long and 300 m (984 ft) wide at its narrowest point, and runs between Port Said on the Mediterranean Sea, and Suez on the Red Sea. 

Trata-se 163 km ( 101 milhas ) de comprimento e 300 metros ( 984 pés ) de largura no seu ponto mais estreito, e vigora entre Port Said sobre o Mar Mediterrâneo, e da Suez sobre o Mar Vermelho.

The canal allows two-way water transportation, most importantly between Europe and Asia without circumnavigation of Africa. 

O canal permite que, em ambos os sentidos transporte hidroviário, o que é mais importante entre a Europa ea Ásia sem circunavegação da África. 

Before its opening in 1869, goods were sometimes offloaded from ships and carried over land between the Mediterranean and the Red Sea. 

Antes de sua inauguração em 1869, as mercadorias foram às vezes sai a partir de navios e transportadas por terra entre o Mediterrâneo eo Mar Vermelho.

The excavation of the canal took nearly 11 years using forced labour of Egyptian workers. 

A escavação do canal levou quase 11 anos, recorrendo ao trabalho forçado de trabalhadores egípcios. 

Some sources estimate that over 30,000 people were forced to work on it. 

Algumas fontes estimam que mais de 30.000 pessoas foram forçadas a trabalhar sobre ela.

The canal finally opened to traffic on November 17, 1869. 

O canal finalmente aberta ao tráfego em 17 de novembro de 1869.


CAIRO - EGITO

Esta foto foi tirada da Torre do Cairo, Egito. Você pode ver parte da cidade do Cairo, a sombra da Torre e o Rio Nilo, 
 com o destaque da ponte sobre o Rio e embarcações navegando próximo à margem..

 

De: "Theodoro da Silva Junior" <theojr@terra.com.br> 
Data: Tue, 06 Jan 2009 16:01:41 -0300 
Assunto: CANAL DE SUEZ - EGITO- CONECTANDO O MUNDO 


VOLTAR