Jeep Willys 


 

Jeep Willys


A primeira experiência histórica das Forças Armadas brasileiras em missão de paz da ONU, foi o envio do “Batalhão Suez”, um Batalhão de Infantaria de aproximadamente 600 homens ao Egito. O efetivo Brasileiro se renovava a cada seis, ou sete meses em forma de Contingentes (de janeiro de 1957 a julho de 1967), de tal forma que cada permaneceu na Faixa de Gaza e Península do Sinai, em média por um período de pouco mais de um ano cada Contingente. A tropa brasileira prestou serviços relevantes à Paz Mundial integrando a Força de Emergência das Nações Unidas. (UNEF), organizada com a finalidade de separar forças egípcias e israelenses, garantindo a Paz e o cessar fogo entre os dois países, neutralizando o conflito. Contribuiu no período, com efetivo acumulado de aproximadamente 6.300 homens, tendo apoio motorizado de viaturas diversas entre as quais um Jeep Willys utilizado pelo “Batalhão Suez”. 

Atuando na Faixa de Gaza viatura esta que hoje encontra-se exposta no 20º Batalhão de Infantaria Blindado (20º BIB) em Curitiba-PR, fazendo parte do acervo histórico do Btl.Suez.

O Brasil exerceu o Comando operacional da UNEF de janeiro a agosto de 1964 (General Carlos Paiva Chaves) de janeiro de 1965 a janeiro de 1966 (General Sizeno Sarmento).

Na foto o Modelo Original: Jeep Willys 
Ano de fabricação: 1957, utilizado na Missão de Paz

De: Theodoro da Silva Junior <theojr@terra.com.br> 
Data: 31/10/2005 (22:17:14) 


VOLTAR