Era um  Domingo - Fotos 1


Aposição palma de flores diante da chama eterna onde jazem os restos mortais de um soldado desconhecido, que simboliza os militares brasileiros e os combatentes do gueto que sacrificaram no anonimato suas vidas - Sergio Niskier, Gen Maciel, Ten Rosenthal, Ten Melchisedec, Ten Israel Blajberg

Autoridades que presidiram a cerimônia: em forma Gen Maciel, Gen Beraldo, Diretor de Assuntos Culturais do Exercito, Cel Santos Oliveira, Diretor do Monumento, Sergio Niskier Pres FIERJ, A H Laks, Pres Sherit Hapleita, Ten Rosenthal repres ANVFEB. Ten Melchisedec, Repr Ass Ex Comb do Brasil

Veteranos de nações amigas das 5 nações aliadas USA UK Bel PL Fr e Ass Vet Btl Suez e Corpo de Fuzileiros Navais.

Banda do batalhão de guardas interpreta o hino dos partisans (da resistência judaica)

Sr A H Laks acende candelabro com 6 velas reproduzindo o formato do Monumento com os pilones e escadaria.

Diretoria da FIERJ com veteranos Major Elza, Tenente Melchisedec, Gen Maciel ex adido em Israel, Veterano Goldstein, Pres Vet USA, Ten Israel Rosenthal, ex combatnete da FEB

chegada das autoridades - Niskier e Cel Santos Oliveira cumprimentam Gen Maciel e Gen Beraldo

Chuva de pétalas durante o toque de silencio

Vista da palma de flores, com o distico Homenagem da FIERJ ao Soldado Desconhecido Brasileiro e aos Herois do Levante do Gueto de Varsovia.

Vista dos convidados, estimados em 300 pessoas entre civis e militares representantes das 3 armas

Israel Blajberg
2172-7843 2268-3078 8114-2817

 

A.H.LASKS

 

A.H.LASKS

 

 

APOSIÇÃO

 

 

APOSIÇÃO

 

EM CONTINÊNCIA

 

 

AUTORIDADES PRESENTES

 

AUTORIDADES PRESENTES

 

AUTORIDADES PRESENTE

 

 

AUTORIDADES PRESENTES

 

 

BANDA DO BATALHÃO DE GUARDAS

 

 

CHAMA ETERNA

 

 

CHEGADA DE AUTORIDADE

 

CHUVA DE PÉTALAS DE ROSA

VOLTAR