NOTÍCIAS DO RIO DE JANEIRO
TRIBUTO À OSWALDO ARANHA

TRIBUTO FOTOS 


29 nov 1947 - 29 nov 2007

60 anos da Resolução 181 - Partilha da Palestina, com a criação de um País para os Árabes e outro para os Judeus, na Histórica Sessão da Assembléia-Geral da ONU presidida pelo Grande Brasileiro Chanceler Oswaldo Aranha (1894 - 1960), realizada no Cemitério São João Batista na Quinta-feira 29/11/2007 às 10h pela FIERJ em Tributo à Memória de Oswaldo Aranha, com a Presença de Familiares do Chanceler e Aposição de Coroas de Flores no Jazigo Perpétuo da Família Aranha

Texto e Fotos de Israel Blajberg

de iblaj <iblaj@hotmail.com>
data 30/11/2007 08:10
assunto Veteranos da Ass Btl SUEZ no Tributo a Oswaldo Aranha


Oswaldo Aranha no Estadão

Vide anexo Íntegra do artigo, sobre o papel desempenhado por Oswaldo Aranha na aprovação pelas Nações Unidas da criação do Estado de Israel :

"Abraham Cheinfeld dá as boas-vindas em nome da comunidade. Depois, café, suco e bolacha para os visitantes que vieram de longe até o Bror Chail, um kibutz à entrada do deserto de Negev, em Israel, onde se fala português, curte-se roda de samba, joga-se futebol à moda Ronaldinho e, vez por outra, acorda-se ao som de bombardeio árabe. "Sempre foi assim", suspira Abraham, 70 anos, pioneiro entre os 180 moradores do assentamento fundado por egípcios em 1948 e assumido pouco depois por brasileiros de origem judaica. Abraham fala de uma história erguida da estaca zero - desde o mutirão das primeiras casas, a semeadura dos campos de trigo, o início da criação de gado leiteiro, a formação dos pomares, enfim, a montagem de uma fazenda-modelo cuja produção era repartida pela comunidade. Hoje, Bror Chail virou agroindústria. Vende o que produz, além de faturar com uma fábrica de pizza e uma empresa de softwares. "Privatizaram o kibutz", admite Abraham. Perdeu-se, quase que por completo, o modelo socialista implantado no passado, segundo o qual todos contribuem com o que podem e recebem o que necessitam."...


Israel Blajberg
iblaj@hotmail.com


De: Theodoro da Silva Junior
data 11/12/2007 08:18
assunto ONU- Oswaldo Aranha no Estadão


VOLTAR