COMEMORAÇÃO DO DIA 24/10/2002


DIA DAS NAÇÕES UNIDAS EM CURITIBA

        O grande destaque da solenidade, sem duvidas, foram os Gaúchos, que demonstraram e comprovaram as grandes vibrações, e cortesias atreladas ao espírito de companheirismo. Foi sensacional e emocionante a participação dos Gaúchos.

        Uma pessoa ilustre e que abrilhantou enormemente a festividade foi o Coronel "DA VEIGA" 18º Contingente - ele era Tenente na Missão. Foi o escolhido para ser o orador do evento e foi muito bonita sua mensagem. 

       ( Felizmente,  foi possível conseguir uma cópia do discurso para divulgação, graças a gentileza do Cel.Da Veiga  ao companheiro Baçon )

        Para nós do Paraná foi, sem dúvida, o melhor momento do ano, uma vez que também estavam presentes amigos de SC, do RJ e de SP, os quais igualmente trouxeram muita alegria, enfim foi  um evento memorável. 

 
Dispositivo para hasteamento da bandeira do Brasil, da ONU e do Estado
 do PRE, ainda as bandeiras das Nações que compuseram a UNEF. 
 
 
 
Parte dos Boinas Azuis que participaram da solenidade. nota-se os
Gaúchos garbosamente exibindo a farda especial e suas medalhas.
 
 
 
Pessoal entrando em forma para o desfile de encerramento da solenidade cívica do Dia das Nações  Unidas em 24.10.2002 .No 1º pelotão de pessoas com trajes civis, que estavam sendo comandados para o inicio do Desfile, a seguir o Pelotão dos Gaúchos e suas fardas empecias.
 
 
 
Da direita para esquerda são os companheiros: Antônio GULMINE:  José GOMES da Silva; o então Sgto. MÍRIO (com o boné);  o Henrique TROMPCZINSKI;  o THEODORO   e o Nicolau GOMES da Cunha ( o Barriga) 

 

Da esquerda para direita são os companheiros: o JARBAS Alves do 2º Contingente; o MELO do 20ºContingente (atual Secret.Assoc.Gaúcha)  e Theodoro do 10ºContingente. 
Ao fundo da foto pode-se observar : 1º) as bandeiras dos 10 países que compuseram a UNEF 1, as quais ainda iriam ser hasteadas,  2º)-o Monumento aos Boinas Azuis - SOLDADOS DA PAZ - 3º)- e o pessoal gaúcho conversando.

 


Novo Simpatizante:

Um outro destaque do evento foi a presença de um jovem baiano: Luiz Arthur Salviato Filho. Ele é filho de um Boina Azul, cabo do 18º Contingente,  já falecido, ele tem tem o mesmo nome do Pai: "Luiz Arthur Salviato". O jovem está cursando o último ano do curso de Jornalismo em Mato Grosso, e se propôs a defender sua tese escolar, com a monografia sobre o Batalhão Suez com dois fortes motivos: um deles obviamente porque é filho de um Boina Azul, e outro motivo, foi porque ele encontrou pela internet o site do Batalhão Suez e o convite divulgado. Interessado em participar, fez com que o jovem viesse a conhecer a parte da história viva e também da solenidade e do almoço de confraternização. Foi muito emocionante conversar com esse jovem e saber da sua luta, ele deixou uma ótima impressão pela vibração e interesse em saber tudo sobre o Batalhão.

 (Theodoro 10º Contingente)


VOLTAR