1º SEMINÁRIO BRASILEIRO DOS BOINAS AZUIS


Algumas informações sobre a realização do 1º Seminário Brasileiro dos Boinas Azuis  -  realizado durante os dias  3; 4 e 5 de maio de 2001 – no Méier  -  Rio de Janeiro

ABERTURA – dia 3/5/2001 

Solenidade. De Abertura Oficial do 1º Seminário  Nacional dos Boinas Azuis Brasileiros da ONU

COMPONENTES DA MESA - AUTORIDADES E MEMBROS DA DIRETORIA DA ASSOC.

Dispositivo e disposição das Bandeiras: Nacional – da ONU –da  Associação – da  Paz

Cânticos - Hino Nacional Brasileiro – Do Exército – da Infantaria...

Retirada das Bandeiras...na seqüência da Abertura Oficial - Alguns  pronunciamentos.

Destaque a presença do General VENTURA

E de outras Autoridades do RJ.

Depois de encerrado o ato e solenidade de abertura oficial do Seminário, dispensa para:

Confraternização - Almoço. -Serviços e disponibilidades administrativas na Secretaria da Associação, durante o dia todo. 

2º DIA

Abertura oficial  dos  trabalhos  para  deliberações  em  plenário. 

Exaltação à Bandeira Nacional, Homenagem póstuma (um minuto de silêncio) aos Boinas Azuis falecidos.

Logo após apresentação inicial, e saudação a todos os presentes, o Sr. Coordenador do Seminário – ISRAEL DE OLIVEIRA COSTA, solicitou que os Presidentes das Associações de outros Estados, ali presentes, identificassem levantando-se, a seguir chamou para identificação o Representante da Associação do Paraná. Em seguida, escolha das pessoas que iriam compor e dirigir a Mesa para o Plenário,  e  teve inicio a  composição  da  Mesa  Diretora dos trabalhos,  que ao final ficou composta  pelos  Boinas  Azuis:

ISRAEL DE OLIVEIRA COSTA - Presidente

THEODORO SILVA JUNIOR – Representando o Paraná

MARCOS  GARCEZ DE OLIVEIRA (15ºCont.)– Representando Pernambuco

Representante do Rio Grande do Norte...(Não consegui identifica-lo)

Sr. VIEIRA - Presidente da Associação Forças de Paz do Brasil (Entidade nova - que pretende unir  todas as Forças de Paz.) ?????  Diz  ele  que  serviu  na  Missão Congo.(fez parte da mesa na condição de ouvinte e Convidado Especial p/ esse 1º dia)

AMARO – Representante da Associação da Paraíba   ( 15º Contingente )

Em seguida o Sr. Presidente dos Trabalhos, Disse que todos os srs. Boinas Azuis do BTL.SUEZ, presentes, indistintamente,  estavam  em  condições LEGAIS  de  votar  e  ser  votado, na tentativa da criação de uma Comissão Nacional Boinas Azuis, tendo  em  vista  que  todos, em plenário, são  Ex-Integrantes do Btl.Suez, solicitando que se colocasse  em  discussão p/ aprovação,  ou  não,  bem  como que , se  alguém em plenário, não  concordasse com  essa  disposição,ou que,  se alguém  soubesse  de  algum  impedimento, que naquele momento, fizesse seu  comentário,  ou  sua  justificativa. Nada mais a registrar.

Aclamação.

Na seqüência, o Sr Presidente dos trabalhos, nomeou uma segunda mesa, composta por  oito outros Boinas Azuis, ali  presentes, elementos representativos das  mais  diferentes  Associações de  Boinas  Azuis. E, dizendo que a intenção era  a  de  somar  e  não  dividir.  Enalteceu a importância e a grandeza do trabalho que cada Associação, em cada Estado do Brasil, vem realizando, e que  em nada viria interferir nessas  Associações, as quais devem  continuar  normalmente  com  suas atividades, etc.....

O Sr. Presidente discorreu sobre os critérios que passariam a ser adotados, com vistas à criação da COMISSÃO NACIONAL REPRESENTANTES DOS  BOINAS  AZUIS DO BTL. SUEZ, (OBS. - Não tenho plena certeza da correta denominação dessa Comissão) Apontando que todos os que estavam na mesa principal, bem como nessa segunda mesa num todo, passariam à condição de CANDIDATOS aos Cargos de integrantes da Comissão Nacional.  E AINDA QUE SE  ALGUÉM  EM  PLENÁRIO  GOSTARIA  DE  INDICAR  ALGUM OUTRO COLEGA, ALI PRESENTE, A SER CANDIDATO À COMISSÃO NACIONAL OU  AOS  TRABALHOS para, nessa  condição  de Candidato,e a efetivo se eleito for, vir a fazer  parte  da Comissão  Nacional. ---- Nada a acrescentar. Ficou assegurado e muito claro, que os Boinas Azuis assentados à mesa e sub mesa, estão aptos a receber votação e obviamente a votar. (Boinas Azuis do PR, PE, RJ, PB, RN, SC, MG).

A seguir e  antes  da eleição (aclamação),o Sr. Presidente, discorreu  sobre os objetivos  dessa Comissão Nacional,que seria reconhecidamente eleita pelo seminário, será legalizado  cuja  principal finalidade será a de estabelecer condições para que haja uma  unidade plenamente organizada e para que haja uma só voz para  nossas  reivindicações, a Comissão Nacional está autorizada a nos representar e a defender nossos interesses junto  às autoridades brasileiras,com  vistas  aos andamentos da  PEC/294-bem como outras reivindicações, junto às  Autoridades e a quem de Direito no Congresso Nacional. ( em Brasília)-  Trabalhar  na  divulgação, e demais ações, em busca de apoio na aprovação da PEC/94. Bem como buscar todo tipo auxílio e orientação que traga benefícios concretos aos Boinas Azuis, na tentativa de solidificar o melhor esclarecimento, a melhor postura etc, que venha a finalizar os objetivos de todo benefício  aos Boinas  Azuis  do Brasil . E assim todos os Boinas Azuis passariam a  saber  o  que  está  envolvido, ou o que está  acontecendo nessas  pretensões. Tratando, assim, de uma representatividade oficial, plenamente legal e reconhecida, com registros em Cartório.  Passando a ser a única reconhecida e aprovada legalmente em nosso território. E se for necessário no exterior.

Na seqüência todos os Boinas Azuis, das mesas, foram solicitados a fazer uso da palavra, e a se apresentar, discorrendo brevemente e livremente. O maior destaque nessa seção, foi a palavra do Sr.  Representante de  Pernambuco, (mesa Principal), que aproveitou e falou     rapidamente, sobre  vários  assuntos, e   dos  nossos interesses  em  Brasília, enfatizando  que  muitos  dos  que , até hoje, se  julgam autoridades representantes, fazem  usos  escusos ou duvidosos, das atividades  mais na busca  de  promoção  própria, do que coletivamente. Pois que por uma vez, e na qualidade de Presidente  da  Associação de  PE, foi procurado  por  esses elementos, que  pretendiam arrecadar dinheiro, para continuar a se fazer presente em Brasília, sem no entanto dispor do devido respaldo legal. O Sr representante de Pernambuco ainda falou também da APELAÇÃO CIVIL dos cinco gaúchos em tramitação na JUSTIÇA FEDERAL, maneira pela qual também estamos procurando, de forma  administrativa  buscar sucesso,  e  que essa Ação dos Boinas Azuis gaúchos ainda  não Transitou em julgado  e...,    que  não houve   decisão  Terminativa,  e que  é  provável  que  isso possa  acontecer, ainda solicitou a atenção dos que ainda irão adentrar também na Justiça, que o resultado final, somente acontecerá depois de  decorrido  um  período longo, ou até de  dez  Anos aproximadamente. (OBS.: Como  lembrete - quero  frisar  que  o Sr.  Marcos  Garcez  é  Advogado atuante em  Recife). Continuou dizendo... No entanto, esperava que na seqüência dos trabalhos, fôssemos ter um posicionamento oficial do Seminário, sobre o ingresso na Justiça Federal, a exemplo, ou nos moldes dos 5  Boinas  Azuis  do  RS.  Que obtiveram ganho de Causa, em 1ª instância.

Em seguida, o Sr. Presidente, retomando o uso da palavra diretiva perguntou...   Nós atualmente temos representação em Brasília??? - NÃO

Ninguém está, oficialmente e reconhecidamente delegado a falar em nome das associações.   Soubemos que dia  desses (  27  ou 29 de março  último), lá no Gabinete do Deputado – e Relator do Projeto da PEC/94 – Sr.  JORGE  WILSON, recebeu  3  pessoas  que  são  extremamente estranhos  ao nosso  movimento( Pedro  Nascimento e  Sr.Souza .... e mais outro cidadão que no momento esqueço o nome, dentro desse grupo tem  pessoa  que  nem sequer é Boina Azul,   dizendo-se  representantes  do nosso  movimento), trabalham mais  no sentido  de  beneficiar-se, não pensando coletivamente, nem no bem dos demais Companheiros de  outros  Estados. Soube que esses cidadãos fazem algum trabalho de coleta de dinheiro, podendo denegrir a imagem Boina Azul, uma vez constatada  a veracidade.  EU NÃO TENHO PROVAS - dizem...comenta-se, ATÉ,  que  eles promoveram uma LUTA de Boxe do "Popó", utilizando a situação de Boina Azul - visando arrecadar dinheiro (E CONSEGUIRAM),  usando indevidamente o  nome  da causa Boina Azul,  dizendo  que era  luta  da  paz...

Então por julgar que nosso  movimento, até os dias de hoje,  continua  desacreditado por falta de uma estrutura melhor ou ausência de uma organização, e visando o real enobrecimento da  causa é que  pretendemos, através do Seminário, conseguir  maior  crédito  junto aos próprios companheiros pelo Brasil afora, junto à opinião  pública, e  também junto às  Autoridades.

Por isso a realização do Seminário a nível Nacional, uma vez que está presentes representatividade de vários Estados.  Essa Comissão, que irá nos representar terá  maior credibilidade , maior desenvoltura,e certamente maior confiança dos representados, pois  será  mais bem  documentada  e  será sempre apresentada  em Brasília, na Câmara  dos Deputados, no Senado e no Poder Executivo, como sendo a única pessoa, a única voz a estar autorizada a representar os verdadeiros interesses dos Boinas  Azuis Brasileiros, nas condições  proposta.  Ninguém  deseja tomar  nada  de  ninguém, apenas  pretende-se  tomar  a  testa da legitimidade,  na  defesa  dos nossos, repito, verdadeiros  interesses.

Cada componente da Comissão vai ter que saber que deverá ter condições para desenvolver seu trabalho em Brasília, e que poderá ter ajuda da Associação a que pertence, mas vai ter que se apresentar nos locais de Ação, mesmo com as dificuldades corriqueiras, quando for chamado, e desenvolver a contento, sua árdua tarefa. Recomendando a todos os demais Boinas Azuis, em particular os Srs. “cabeças” ou os Srs. que lideram pessoas, a tomar todas as precauções e todo tipo de cuidado com os políticos, recomenda um verdadeiro “jogo de cintura” sem acreditar  muito nos  políticos.  (confiar desconfiando).

((((Particularmente, tentei dizer ao Sr, Presidente que a Associação do Paraná não dispõe de recursos uma vez que pratica, apenas, atividades recreativas e de confraternização, e que não realiza cobrança mensal e, portanto não possui arrecadação, nem disponibilidade financeira. A possível participação de um Paranaense na Comissão Nacional poderia ter problemas, sem poder contar com ajuda financeira para o desempenho das atividades, razão pela qual descarto, pessoalmente e particularmente qualquer possibilidade, de que eu viesse a participar como elemento integrante dessa Comissão Nacional proposta))))

Em seguida o Sr, Presidente propôs a votação para formação da Comissão Nacional,  explicando,  como  deveria ser o  procedimento da votação em plenário.   Antes ainda o Sr. Presidente perguntou pessoalmente a cada um dos Potencialmente, candidatos, o seguinte:  De  acordo  com  esse  Conselho.  O Sr. (fulano) aqui presente.     Aceita ser candidato  a  concorrer a  ... (Presidente da Comissão>>>; A candidato a Vice-Presidência da Comissão Nacional... - A Candidato a Secretário  Da  Comissão  Nacional????)  Observando  que: 1º - foi  formado  os  nomes  de  Candidatos  a  Presidência  da Comissão,  e  somente  depois da  votação  e  a aclamação, é que, e então na seqüência, disponibilizava, e repetia o mesmo procedimento sobre  quais os  nomes  que iriam concorrer  a  cada  um  dos  cargos,  sucessivamente.Uma vez formado o chamado colégio eleitoral, foi realizada a escolha dos nossos representantes.  

------------------------------------------

COMISSÃO NACIONAL DOS  BOINAS  AZUIS, lídima representante das causas Boinas Azuis:-

PRESIDENTE:- Dr. MARCOS GARCEZ DE MENEZES - (PE)

{fone/fax (081)2243898} E-mail: mgarcez@zaz.com.br

VICE-PRESIDENTE.  Sr. JARBAS...(RJ)

SECRETÁRIO:- Sr. HENRIQUE JOÃO TROMPCZYNSKI - (PR) fone (041)322-9460

Na seqüência dos trabalhos, procedeu-se, nos mesmos moldes, a Eleição de uma Comissão de Ética - que, autorizada, vai fiscalizar e até pressionar a Comissão Nacional, para que realize seu trabalho - afim de que se cumpram todas as formalidades e conquiste os objetivos.

Essa Comissão de Ética ficou assim composta:

Presidente:

1º Conselheiro...

2º Conselheiro - PB NB.  Naquele momento não consegui entender os nomes corretos  dos  eleitos – Fiquei de verificar depois  e  acabei  esquecendo.  Peço desculpar-me pela falha.

O Sr. Presidente dos trabalhos, disse que será elaborada a ATA, desse plenário, e que essa ATA será devidamente registrada em Cartório, e que ao final  do  dia  de  hoje  seria assinada  por todos os Boinas Azuis presentes.

Uma vez eleita  e considerada devidamente empossada, ouviu-se  as palavras do Sr. Presidente da Comissão Nacional- Sr. GARCEZ,  que começou agradecendo a confiança que todos depositaram nele, reafirmando sua vontade em realizar um melhor trabalho, envidando todo esforço e vontade. Enaltecendo que isto aqui não é brincadeira,  essa atitude é no intuito de dar um basta na atual desorganização representativa, que até então existia, e que a partir de agora teremos uma verdadeira representatividade em Brasília, e agora em caráter oficial e organizada, concluindo que toda e qualquer pessoa que se disser representante em Brasília, e que não seja componente desta Comissão, aqui eleita e empossada, não será  reconhecida.  Ainda completou  que...muito embora e apesar de constar dos Estatutos da  Associação, bem como das normas do plenário,  que... não devêssemos pertencer à facções partidárias ou políticas,  nada impede que em Brasília a Comissão Nacional vá buscar apoio dos políticos.  Apenas  não  vamos  nos  envolver em políticas partidárias.

Também fizeram uso da palavra os senhores eleitos - Vice-presidente e Secretario da Comissão Nacional. Que agradeceram também a confiança depositada e enalteceram também que embora tenham que trabalhar em cima dos políticos em Brasília, na busca dos objetivos, vão comportar-se sem declaração explícita partidária. Prometeram lutar apenas e tão somente em busca de subsídios e dos assuntos ligados estritamente ao BTL. SUEZ, não aceitando a inclusão das outras representatividades nessa luta (Congo – São Domingos – etc.)

O Sr Israel, Presidente dos trabalhos destacou a deficiência das outras representatividades das outras Forças de Paz, por total falta de uma melhor organização, ou até da inexistência de contatos dessas representatividades, com que cada uma deveria ter sua própria Associação... destacou a importância de melhor nos organizarmos, cada vez  mais,  maior união a nível nacional, falou da importância dos 10 anos de Missão do Btl.Suez, das tradições, da cooperação e tolerância, na democracia dos possíveis erros, que todos devemos praticar na busca das conquistas e na luta que nos aguarda no sentido de liquidar com a má representação na busca de nossos interesses.

Aproveitando o horário e a disponibilidade de tempo antes da suspensão dos trabalhos pra o almoço. O Sr Presidente da Mesa solicitou permissão para falar rapidamente da confecção e da ligeira mudança (alteração) na Nova Carteira de Identificação dos Boinas Azuis, apresentando como um trabalho de pesquisa do pessoal do RJ, acrescentando  que é uma proposta aprovada no RJ, porém nada impede que nos demais Estados represente uma unificação, e que não se importa na eventualidade de outros Estados promoverem alguma modificação (total ou parcial), mas que, como proposta está disponível aos interessados.  Todas as alterações implantadas, fruto de pesquisas e estudos, foram efetuadas com o intuito de melhor preservar o espírito Boina Azul, e que as antigas Carteirinhas vinham sendo usadas indiscriminadamente, algumas até por elementos que não são Boina Azul do Btl. Suez.  Enfim  padronizar e unificar um só nome (denominação), para oficialmente padronizar todos os pedidos inerentes à utilidade pública, e demais benefícios, junto aos Governos (do Estado, do Município e do Governo Federal). Por exemplo: Com essa  nova  Carteirinha, no Rio, os portadores não pagam passagem de ônibus coletivo.São mais bem atendidos nos Postos de Saúde municipal.  Se houver interesse num modelo para cópia, com vistas a uma possível implantação nos Estados interessados, o RJ está à disposição.  Foi mostrada a todos o modelo da carteirinha em vigor no RJ.

Intervalo para almoço

Após o almoço, iniciou-se algum comentário direcionado ao  interesse maior do plenário, qual era informações  e demais peculiaridades a respeito  da  PEC 294, bem como referente a APELAÇÃO CIVIL.

Sobre a PEC 294 necessário se faz o apoiamento de todos os Boinas Azuis, do Brasil todo, visando tanto dar toda assistência aos membros da Comissão Nacional, não devemos esmorecer, e lutar sempre como procurar o devido apoio junto aos políticos que tenham suas bases eleitorais na cidade de cada Boina Azul, e também solicitar e pressionar   na intenção  de conseguir  apoio firme e convicto de todos os políticos de todas as abrangências de  todas as regiões do País.  Devemos ficar alertas, solícitos e prestativos quando formos chamados a intervir de forma positiva, ou quando houver necessidade ou oportunidade.   Procurar nunca vacilar, repassar informações recebidas às demais Associações e/ou ao maior número de companheiros, Brasil todo.

Ficará a maior responsabilidade para a Comissão Nacional empossada no Seminário, mas ninguém vai ficar parado esperando que só as Diretorias das diversas Associações  exerçam o direito reivindicatório, bem como, quando necessário, convocar  ou incentivar os associados, na conveniência e na medida que o Processo possa estar  caminhando positivamente. 

Todos devemos tentar fazer a melhor solicitação de pedido de aprovação aos Deputados e/ou Senadores. Preparar-se melhor para as possíveis interpelações (perguntas) tanto dos políticos, como das autoridades e até da  imprensa.   Devemos sempre procurar evidenciar a importância da Missão de Suez.  O Exército Brasileiro, o Governo Brasileiro jamais iriam mandar homens fardados e equipados, a deslocarem-se para longe do País, por longo período, por dez anos consecutivos. Com revezamento duas vezes por ano, e, consumindo verbas de deslocamentos e de manutenção da tropa, caso a Missão Militar não fosse coisa séria e de relevância, aliás, como foi devidamente.

Quanto a APELAÇÃO CIVIL – aos moldes e inspiração dos 5 gaúchos,  o Plenário do Seminário orienta que todos devam entrar, também, na justiça tão logo seja possível.  Obedecer aos critérios e  orientação dos  CAUSÍDICOS, tomar conhecimento de todas as informações possíveis, calma e ação.

Recomenda-se até usar a imprensa, como um todo, para que divulgue os acontecimentos e até o andamento do Processo, toda vez e toda hora que isso for possível, devemos até procurar pessoas que tenham influência na imprensa e solicitar apoio para divulgação.  Porque não devemos ficar parados em hipótese alguma, cada elemento vai fazer sua parte, converse com seu Advogado, ou enturmem-se e procurem advogados, reúnam os documentos necessários, estudem bem todas as probabilidades, vejam sua disponibilidades financeiras que o caso requer.  Apenas não esqueçam que a Justiça é demorada, como orienta o Advogado, Boina Azul de Recife, Dr. Garcez, a chamada TERMINATIVA, do Processo -SOMENTE OCORRERÁ DECORRIDOS ALGUNS ANOS, ele estima EM TORNO DE 10 ANOS - após protocolo da entrada.

Quanto à reivindicação dos atrasados, como muitos não entendiam qual era esse procedimento, ficou esclarecido que será solicitado pagamento do benefício requerido, desde a data de entrada do Processo.   É tecnicamente correto esse procedimento.   Até então se pensava outra coisa, pensava-se que esses atrasados seriam relativos desde a incorporação há muitos anos, lá atrás, não, - não é correto, isto é, não tínhamos os devidos conhecimentos.  Aliás, sempre reitere esclarecimentos de tudo e principalmente de todas as suas dúvidas.

Cada companheiro Boina Azul deverá procurar enquadrar-se da melhor maneira que julgar conveniente, desde formação de Grupos de 10 pessoas, ou como dizem os Cariocas fazer um Condomínio de pessoas, e ir conversar e acertar com seus Advogados, escolhidos para essa Causa, exercerem seus Direitos de cidadania.   Também se sabe que alguns Boinas azuis não vão querer dar entrada na Justiça, outros vão preferir esperar mais um tempo.  A decisão depende do livre arbítrio de cada um.

Uma outra orientação seria conveniente saber que  pessoas com mais de 65 anos, passam a ter prioridade no julgamento de ´processo,  basta seu Advogado requere o cumprimento  dessa  nova  Lei,  Veja que   havendo  um Boina Azul com mais de 65 anos, ele poderia encabeçar o grupo, que ao final  todos  seriam  compensados.  Exemplo.  Num grupo de 10 pessoas, um deles tenha mais de 65 anos facilitaria o grupo todo e a Ação poderá sofrer uma agilização, isto é, maior rapidez até a conclusão final.  Porém isso não quer dizer que os julgamentos e andamento do processo terminem dentro de um ano, mesmo assim demora  apenas  que  demora  menos que grupo de pessoas  com  idade inferior aos 65 anos.    Não esquecendo ainda, que na eventualidade de um dos elementos atingir a idade de 65 anos e o Processo ainda estiver em andamento, é bom pedir a agilização, mesmo, repito, daqui alguns anos.

Dentro de minha ótica, julgo que o 1º Seminário teve uma real importância, na determinação e posicionamento referente a qual atitude devemos tomar, agora não temos mais dúvidas. Todos os interessado devem – repito- entrar na justiça tão logo seja possível.

Lembre-se, caro amigo Boina Azul, paralelamente a Apelação Judicial, está correndo o Projeto de Emenda Constitucional (PEC) 294.

0 PEC/294 - reivindica  soldo  de    Sargento, com pagamento de Pensão Especial- a partir da aprovação no Congresso.

A Apelação Civil Reivindica Soldo de 2º Tenente, Pensão Especial - a partir da entrada do Processo na Justiça.


RESOLUÇÕES PRODUZIDAS E DELIBERADAS NO SEMINÁRIO

De acordo com as resoluções propostas e aprovadas no plenário do Seminário, as principais resoluções foram deliberadas:

a) - Criação da unidade nacional dos BOINAS AZUIS DA ONU—BTL. SUEZ e missões pertinentes.

b) - Direcionar a maioria das ações calcadas nos mesmos direitos cedidos aos EX-COMBATENTES da FEB, soldados da BORRACHA e PRAIANOS.

e) - Apoiar, colaborar e informar toda e qualquer iniciativa em prol da PEC-294-A/95.

d) - Apresentar e autorizar as comissões criadas a representar os interesses dos Boinas Azuis da ONU, junto aos Poderes Legislativo, Judiciário e Executivo. Federais, Estaduais e Municipais, Comandos Militares da Marinha, Exército e Aeronáutica, entidades públicas e privadas em todo o território nacional e exterior.

e) - Criação da Comissão Nacional dos Boinas Azuis da ONU, e Conselho de Ética, com sede jurídica nas capitais dos respectivos presidentes, porque a composição das comissões são a nível nacional, com mandato de 2 anos, a partir desta data.

f) - Tornar permanente a Comissão Organizadora do Seminário Brasileiro dos Boinas Azuis da ONU, mantendo a atual presidência pelo tempo necessário até nova deliberação em futuro semina­rio: Com sede no Rio de Janeiro, na Associação dos Integrantes do Batalhão Suez na Rua 24 de Maio n0 1321 - Meyer-RJ, ou em outro endereço, a critério da presidência, da Comissão Organizadora.

g) - Determinar que os futuros seminários sejam feitos em intervalos de 1 ano no mínimo e no máximo 2 anos.

Essas foram as principais resoluções deliberadas no 1º SEMINÁRIO BRASILEIRO DOS BOINAS AZUIS DA ONU.  


SEMI-001

COMISSÃO NACIONAL DOS BOINAS AZUIS DA ONU
  
PRESIDENTE:  Dr. MARCOS GARCEZ DE MENEZES. 
ASSOC.DOS INTEGRANTES DO BTL.SUEZ NORTE/NORDESTE - RECIFE-PE


VICE-PRESIDENTE:  JOSÉ JARBAS DA SILVEIRA
ASSOCIAÇÃO DOS INTEGRANTES DO BTL.SUEZ RIO DE JANEIRO 
  
SECRETARIO GERAL:  HENRIQUE JOÃO TROMPCZYNSKI
ASSOCIAÇÃO DOS INTEGRANTES DO BTL.SUEZ PARANÁ  


C O N S E L H O   D E   É T I C A
  
PRESIDENTE:    Dr. ELIZIO HENRIQUE PEREIRA.
ASSOCIAÇÃO DOS INTEGRANTES DO BTL.SUEZ - RIO DE JANEIRO 
  
1º CONSELHEIRO:   JOSÉ AMARO DE LIMA
ASSOCIAÇÃO DOS INTEGRANTES DO BTL. SUEZ PERNAMBUCO-PE 
  
2º CONSELHEIRO:    ROSILDO RIBEIRO BESSA 
ASSOC. DOS INTEGRANTES DO BTL.SUEZ PARAÍBA (EM FORMAÇÃO)  

COMISSÃO ORGANIZADORA PERMANENTE DO SEMINÁRIO DOS B.AZUIS DA ONU
PRESIDENTE:  ISRAEL DE OLIVEIRA COSTA
ASSOCIAÇÃO DOS INTEGRANTES DO BTL.SUEZ RIO DE JANEIRO 

ISRAEL DE O.COSTA - PRESIDENTE
COM.ORGAN.DO SEMINÁRIO BRASILEIRO DOS BOINAS AZUIS  DA ONU


SEMI-002

CIRCULAR Nº001/01  
Rio de Janeiro, 08 de junho de 2001.

 DO:  PRESIDENTE DA COM. ORG. DO SEM. BRAS. DOS B. AZUIS DA ONU. 

AO: COMPONENTES DA COMISSÃO ORG. NACIONAL E COM. DO CONS. DE ÉTICA. 
ASSUNTO:  PAPÉIS TIMBRADOS, ENVELOPES, E OUTROS CONSIDERANDOS. 

TEXTO:  Informo a Vs.Sas. que o material enviado é para ser reproduzido ou em preto e branco ou colorido, (como queira) pa ra ser usado em nossas correspondências. 
a) Já esta sendo enviado para as autoridades da Nação in­formações do Seminário e a organização das duas comissões. 
b) Os papéis datilografados podem ser usados pelas comissões para divulgações locais a critério dos chefes das comissões. 
e) Aguardem novas informações.

ISRAEL DE O.COSTA - PRESIDENTE  
COM.ORGAN.DO SEMINÁRIO BRASILEIRO DOS BOINAS AZUIS DA ONU


AOS QUE DESEJAREM VAMOS A LUTA.

Despeço-me apresentando meus AGRADECIMENTOS pela atenção e meus melhores votos de saúde e paz a todos os Boinas Azuis do meu Brasil varonil. 

Atenciosamente,
Theodoro Silva Junior
Rua Rocha Carvalhaes, 80-275 São José
Telefone (042) 225 0062
CEP 84 015275 - Ponta Grossa – PR 


VOLTAR